Preview Mode Links will not work in preview mode

Eldorado Expresso


Jul 30, 2019

Jair Bolsonaro (PSL) mantém tom crítico e questiona documento oficial sobre mortes na ditadura. "Não existem documentos (dizendo) se matou ou não matou. Isso é balela", disse o presidente. Sobre o massacre no Centro de Recuperação Regional de Altamira (CRRALT), no sudoeste do Pará, Bolsonaro evitou lamentar a morte de 57 presos e afirmou: "Pergunta para as vítimas dos que morreram o que elas acham".

No noticiário esportivo, a polícia conclui que faltam provas e decide não indiciar o atacante Neymar por estupro. E hoje, nos Jogos Pan-Americanos de Lima, o Brasil tem mais duas chances concretas de medalha de ouro. Ouça tudo isso e muito mais no Eldorado Expresso desta terça-feira, 30.